Moinho de Sonos
  • Ligue-nos: 214 988 340
  • Moinhos da Funcheira - Amadora
  • facebook

Projeto Educativo e Pedagógico

Método Pedagógico

Dia da Terra

Integrando uma equipa de técnicos de educação experientes e motivados, o Colégio Moinho de Sonho define-se como um projeto que preconiza o desenvolvimento integral da criança, promovendo experiências dinâmicas nas diferentes áreas da educação, partilhadas em ambientes seguros, alegres e estimulantes, conducentes a um desenvolvimento pleno e antecipatório do sucesso escolar.

Imaginar, criar, construir e aprender são alguns dos aspetos que o Colégio valoriza e que pretende que as crianças encontrem neste moinho que é feito de sonhos.

O Colégio Moinho de Sonho baseia a sua ação pedagógica no Modelo High /Scope e no Modelo Pedagogia de Projeto, retirando o melhor de cada um, considerando que eles se complementam e enriquecem.

O Modelo High /Scope

O Modelo High/Scope foi sobejamente testado, ao longo de 30 anos, por investigadores e educadores. As crianças que foram objeto de estudo deste modelo revelaram capacidades distintas de outros modelos, tais como: grande capacidade de iniciativa, boa relação interpessoal com o grupo e com as educadoras, excelente nível de desenvolvimento motor, global e cognitivo. Na abordagem High/Scope as crianças constroem uma compreensão própria do mundo através do envolvimento ativo com pessoas, materiais e ideias.

O Modelo Pedagogia de Projeto

DSC03

Partilhando os mesmos pressupostos filosóficos sobre a pedagogia da educação, resumidos na breve síntese feita atrás do modelo High/Scope, o Colégio faz a articulação dos mesmos com o Modelo Pedagogia de Projeto.
De acordo com este modelo, a criança é envolvida na construção de um projeto concreto sobre uma área do conhecimento que ela passará a compreender devido ao trabalho que desenvolveu na sua construção. A criança participa na definição do tema do projeto, colocando as dúvidas a que o projeto irá responder.
Nesta metodologia de ensino/aprendizagem, o conhecimento é construído em estreita relação com o contexto prático, sendo desejável conciliar as aspetos cognitivos com os emocionais e os sociais.

Creche

Para a boa formação de qualquer criança é necessário que esta tenha pelo menos: segurança física e alimentar, carinho, estímulos físicos e emocionais corretos, ambiente envolvente calmo e estimulante e uma relação estreita com a família. A criança aprende fazendo, seguindo exemplos e descobrindo o mundo que a rodeia, passo a passo.

Assim, o educador tem como função incentivar pacientemente a ação da criança, partindo do princípio fundamental de que experiência promove o desenvolvimento cognitivo. O carinho, os afetos e a segurança dão confiança à criança para partir à descoberta da vida e estão sempre presentes no dia-a-dia da creche.

DSC04

Pré-escolar

Usando os Modelos High/Scope e Pedagogia de Projeto, o Colégio cumpre as orientações curriculares para a educação pré-escolar aprovadas pelo despacho Nº 5220/97. Os objetivos globais a atingir em cada uma das salas (3, 4 e 5 anos) são definidos anualmente pelo corpo técnico e, em reuniões semanais de todas as educadoras, são detalhadas as atividades a desenvolver nessa semana. Em cada reunião é feito o balanço do modo como as crianças realizaram as ações previstas na semana anterior.

A Preparação Pré-escolar no Jardim de Infância

A preparação do pré-escolar tem uma importância fundamental na entrada para o 1º ciclo. O contacto com as letras e os números começa a ser intensificado logo nas salas dos 3 e 4 anos, sendo o último ano de frequência no colégio (salas 5 e 6 anos), aquele em que a escrita e a matemática são desenvolvidas diariamente, no sentido de uma excelente preparação para a próxima etapa escolar.
Pretende-se que a criança saia efetivamente bem preparada nos vários domínios e competências e sinta uma segurança total ao iniciar o 1º ano do ensino básico. A sua autoestima e confiança sairão reforçadas quando, ao iniciar esse novo ano, sentir que as novas matérias não lhe criam qualquer dificuldade.

A relação familiar/instituição

Sabendo que a cooperação escola/família tem amplos benefícios no processo educativo, levamos as famílias a envolverem-se e a participarem ativamente na vida do colégio. Este envolvimento, comprometimento e colaboração contribuem certamente para melhores resultados no domínio cognitivo das crianças, assim como para o seu equilíbrio e estabilidade emocional. O mais importante é que pais e educadores se complementem, proporcionando a cada criança as condições para crescer feliz.

Programa Pedagógico

O Colégio Moinho de Sonho preconiza uma pedagogia que promove o desenvolvimento global da criança a partir do conhecimento das suas características individuais, considerando as suas dificuldades, interesses e potencialidades específicas. Neste sentido, defende que os interesses, as necessidades e as motivações das crianças são a base de partida para a elaboração dos projetos, encarando-as como participantes ativos e construtores da sua aprendizagem. Neste âmbito baseia a ação pedagógica nos seguintes princípios:
1. Implicar as crianças na construção do saber, de modo a torná-las sujeitos do processo educativo;
2. Considerar as vivências concretas das crianças no sentido de favorecer aprendizagens integradas e significativas;
3. Tornar as crianças competentes na utilização dos seus saberes, de forma a responderem positivamente a novos desafios;
4. Desenvolver a autonomia e o sentido de responsabilidade das crianças, promovendo a participação na elaboração das normas escolares;
5. Envolver a família e a comunidade na ação educativa.

Área Projeto

A “área projeto” consiste na definição de um tema e de um plano de trabalhos em torno dele, com todas as crianças do Colégio.
O Tema da Área Projeto do Colégio Moinho de Sonho é:

“Crescer com Arte”

JUSTIFICAÇÃO DO TEMA

AREA PROJETO 2

A criança mobiliza todo o seu ser quando se entrega espontaneamente a uma atividade criativa. É um verdadeiro meio de disciplina interior que traz à criança, no plano geral, equilíbrio e harmonia, preparando-a ainda para a aprendizagem formal da escola.
Para a criança, todas as experiências que conduzem à criação devem ser educativas. Logo o resultado não é importante, mas sim o processo que o originou. É nele que se desenvolvem a perceção, a imaginação, a observação, o raciocínio, o controle gestual…capacidades psíquicas que influenciam a aprendizagem.
Não é necessário dar-lhes a conhecer o valor artístico dos próprios trabalhos. Podemos, no entanto, explorar os êxitos para ajudá-las a prosseguir com confiança no trabalho. Para algumas crianças o elogio pode ter um efeito muito compensador.
A criação artística favorece o desenvolvimento total da personalidade, reunindo em harmonia a atividade intelectual, a sensibilidade e a habilidade manual. A possibilidade de mexer com vários materiais dá grande liberdade e prazer à criança, ajudando-a a tornar-se um adulto completo e sensível.